MEC

Resolução 041/2016, que institui o programa de acesso a imigrantes em situação de vulnerabilidade e refugiados ao ensino técnico e superior na UFSM, de iniciativa do Migraidh, responsável pela Cátedra Sérgio Vieira de Mello na UFSM, foi destacada pelo MEC pela sua importância como instrumento de proteção e inclusão da população migrante, pelo acesso ao ensino superior: "É muito importante que a universidade abra as portas para que essa formação possa ser consolidada e que eles possam continuar suas vidas. A UFSM vai se juntar a outras universidades, como as federais de São Carlos (Ufscar) e de Minas Gerais (UFMG), que entendem que tanto o refugiado como o imigrante podem contribuir para o país” (Auriana Diniz, chefe substituta da Assessoria Internacional da pasta).

*Para acessar a notícia completa no site do Ministério da Educação (MEC), clique aqui.